facebook-domain-verification=uipmkn8teurx3lthy9f6lt8s8i9gba
 
Buscar
  • Eduardo

Como começar na Locução Comercial?

Atualizado: Mai 20

A não ser que você seja um talento nato ou tenha nascido e crescido em um meio que já conhece do traçado e te dá todas as dicas, começar nessa área, assim do nada, apenas porque acha legal e acredita que tem voz bonita ou dá para a coisa, pode ser algo confuso e até frustrante, até mesmo porque há dúvidas se dará certo ou não.

Já ouvi muitos comentários quanto ao começo nessa carreira do tipo:


- Não é só porque você tem voz bonita que vai ter sucesso na locução,

- Ihhh! esses sites de freelance são furada, só roubo e enganação,

- Não dá para viver disso,

- O equipamento é caro!

- Você acha que vai conseguir chegar aos pés desses profissionais?


... e a lista é enorme. Você deve conseguir elencar mais algumas.


O fato é que o padrão que se espera é que você, desde criança, seja fascinado por locução, então você cresce, procura um curso, se especializa, compra seu equipamento e começa a trabalhar, porém acredito que essa não seja a realidade para a maioria.

O despertar para cada um foi diferente, como no meu caso que era um hobby e então decidi transformá-lo em atividade principal.


Uma coisa é você gravar um material da forma que acha melhor e divulgar sem se preocupar muito com as críticas, porque o importante é a mensagem. A outra é você gravar algo, atender ao que o cliente quer e ser pago por isso. Será que vou gostar de perder meu sotaque, tirar meus vícios de linguagem, respirar do jeito certo? E aquecimento então, que coisa chata! para que isso? Pois é, eu tive as mesmas dúvidas. Como eu já tinha um equipamento razoável e já gravava, eu tinha que testar se a coisa rolaria antes de investir mais. Foi então que decidi me cadastrar em um destes sites de freelance que você trabalha e paga 20% do que cobrou para o site. Para minha surpresa, começou a rolar sim e não foram poucos trabalhos feitos!


Não me arrependo de ter começado desta forma não, pois neles tem mercado para tudo o que você imagina: estudantes de faculdade que precisam de uma locução para um trabalho; aquele senhor que tem seu negócio em casa e quer promover seu negócio nas redes sociais sem gastar muito, etc. É óbvio que você não encontrará uma agência que está montando um comercial para TV ou rádio ou ainda para o site de uma grande rede de lojas, procurando um talento nesses sites. Eles irão no Clube da voz, Locutores.com, etc. Então reafirmo, há mercado para todo tipo de coisa. Concordo que se você abaixar seu preço para um serviço, você estará arrochando o mercado, o que não é bom, mas se você faz isso em um nicho de mercado distinto, que é esse de baixos valores, acredito que o impacto não é tão grande. Eu mesmo, atualmente, mantenho meu cadastro nesses sites, porém meu valor já é muito superior de quando comecei. E isso tem que ocorrer, pois você gasta estudando, se aprimorando, etc.


E aí vem outro ponto. Aprimorar-se, profissionalizar-se. Isso é necessário e nunca pode parar e tem muitas opções no mercado. Para citar algumas: Regina Bittar, Nicola Lauletta, Pedro Barreto; e instituições reconhecidas como Senac também. Conheço e estudei com todas e recomendo. Há muito o que aprender e o contato, o network é fantástico.


Por fim, eu queria dizer que apesar de tudo o que mencionei acima, o principal é que eu acreditei em mim mesmo. Eu achei que era possível. Não dei muito ouvido às críticas não. É lógico que elas tem o poder de te derrubar e realmente te balançam, mas tem que ter perseverança e acreditar em si e seguir em frente. É o que fiz e o que continuo a praticar.


Então, siga seus sonhos e comece a gravar coisas que goste. Ouça bastante a sua voz. Aquela sensação de vergonha de ouvir a própria voz vai passar rapidinho e você passará a ter uma crítica mais profissional consigo e sabendo reconhecer o que ficou bom e o que não ficou.


Vá em frente. Siga seus sonhos e não desista!

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hobby ou Profissão?

Hobby ou Profissão? Qual a linha tênue entre as e duas?